Perguntas & Respostas: Big Data no Brasil

Summary:Experts respondem suas dúvidas sobre a criação de estratégias de Big Data e analytics no Brasil, desafios e oportunidades

Over the past three months, we have discussed the main difficulties and opportunities of the Brazilian Big Data and analytics market today in the Mastering Business Analytics program. We hosted a webinar in Portuguese to conclude the initiative and this article in Portuguese presents questions and answers asked by the audience during the event.

Nosso recente webinar "Big Data no Brasil: Enfrentando Desafios", discute o cenário atual do Big Data no Brasil e as dificuldades para gestores de negócio, em áreas como criação da estratégia e planejamento financeiro para esses projetos, o relacionamento com equipes de TI, como escolher os parceiros certos e ter acesso ao know-how necessário.

Durante a discussão - que também incluiu conselhos para gestores de áreas de negócio que planejam iniciar projetos de análise de dados avançada, tanto do ponto de vista do usuário final como do consultor - algumas dúvidas foram levantadas pela audiência e respondidas a seguir pelos palestrantes, Emília Paiva, Diretora Vice-Presidente, Escritório de Prioridades Estratégicas no Governo do Estado de Minas Gerais e Marco Lauria, Diretor de Vendas de BigData para a América Latina na IBM:

Tenho observado iniciativas muito interessantes de Big Data aplicado à educação fora do Brasil. Por exemplo, tenho lido sobre pesquisas em learning analytics e educational data mining. No Brasil, porém, não tenho visto praticamente nada nesta direção. Minha pergunta seria: O que temos no Brasil hoje em relação a Big Data aplicado à educação?

- Diego Lusa

Marco Lauria: Trabalhamos com uma Universidade um projeto relacionado a retenção de alunos. Avaliavam-se diversos paramentros buscando identificar os fatores que levavam os estudantes a abandonar o curso de forma a se atuar nas áreas que merecem atenção e também os estudantes com maior probabilidade de sair. Acredito não existir muita coisa para este segmento no Brasil. Porém, um exemplo de adoção local foi mencionado em uma matéria publicada pela revista Veja.

 

Emília Paiva: A utilização de Big Data aplicado à educação no setor público no Brasil ainda é incipiente. Há iniciativas aplicadas à melhoria dos índices de alfabetização de crianças e ao aprimoramento da oferta de cursos de educação profissional. Vale destacar, no entanto, iniciativas que não são realizadas pelo setor público, mas que geram valor publico.

Como discutimos, por exemplo, é cada vez maior o número de softwares e aplicativos desenvolvidos utilizando big data - tanto dados públicos quanto privados - para acompanhar ou melhorar a prestação de serviços. E a área da educação é uma das que tem mais projetos e startups. Vale dar uma olhada, por exemplo no QEdu e no AppProva, só para citar alguns.


Minha pergunta se refere ao que foi dito durante o webinar, sobre o quão rápido seria fazer uma prova de conceito sobre um tema. Isto seria possível se já houve um projeto de implantação de uma arquitetura de Big Data, o que pode ser um pouco mais longo em termos de prazo. Correto?

- João Eduardo Ferreira Neto

Marco Lauria: O tempo requerido para realizar uma prova de conceito depende de muitos fatores e da complexidade do que se quer avaliar. Se a empresa já tem uma infra estrutura de analítica e uma boa definição do que gostaria de incorporar com Big Data, podemos iniciar algo em cerca de duas semanas com duração que vai de alguns dias ate pouco menos de um mês. Nos da IBM temos algumas soluções definidas para áreas onde existe maior procura.

Imaginemos uma discussão sobre política que esteja ocorrendo nas redes. Que tipo de formação deveria ter uma equipe para desenvolver e analisar estes dados?

- Jobenil Luiz Magalhães Júnior

Marco Lauria: Primeiro a equipe vai precisar da infra estrutura necessária para capturar a informação relevante das medias sociais (Twitter, Facebook...). Esta infra estrutura pode inclusive fazer uma avaliação automática baseado na sintaxe dos comentários para classifica-los em positivos ou negativos de maneira similar a que usamos no nosso aplicativo para a Copa das Confederações. Isso vai exigir a confecção de um dicionário específico para a análise que se quer realizar. Ferramentas de visualização permitem disponibilizar estes resultados de diversas formas, inclusive um "Word cloud" com os temas mais relevantes. Posteriormente pode-se fazer uma investigação mais profunda expandindo estes comentários.

Emília Paiva: Além de pessoas com formação na área de tecnologia, que serão responsáveis pelo desenvolvimento, é importante que a equipe tenha um grupo diversificado de pessoas para analisar os dados. Para acompanhar a discussão sobre política nas redes são necessários profissionais que compreendam este tema em toda a sua complexidade - histórica, social e cultural. O envolvimento deste grupo desde o início da concepção do projeto é fundamental para que o produto final consiga te informar sobre as questões que de fato são importantes para você.

O webinar "Big Data no Brasil: Enfrentando Desafios" é parte do programa educativo Mastering Business Analytics, oferecido pela ZDNet em parceria com a IBM. Durante três meses, discutimos o cenário da adoção e desenvolvimento de estratégias de Big Data e analytics no Brasil, bem como análises, estudos de caso e um relatório sobre o tema, disponível para download aqui

Topics: Mastering Business Analytics

Kick off your day with ZDNet's daily email newsletter. It's the freshest tech news and opinion, served hot. Get it.

Related Stories

The best of ZDNet, delivered

You have been successfully signed up. To sign up for more newsletters or to manage your account, visit the Newsletter Subscription Center.
Subscription failed.